Variante Delta é responsável por 90% dos casos de Covid-19 no Rio

A variante Delta do coronavírus é responsável por mais 90% dos casos de Covid-19 no Rio de Janeiro, cidade considerada epicentro da mutação no Brasil. Há cerca de duas semanas, a nova cepa era mapeada em 55% dos registros da doença. O ritmo acelerado vem surpreendo as próprias autoridades de saúde. A boa notícia é que, após uma semana de alta nos casos, óbitos e internações, a prefeitura já começa a observar uma desaceleração nos índices. O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, acredita que a dominância da Delta já se espalhou por outras cidades e Estados brasileiros. “A gente viu que a curva do Rio de Janeiro acontece algumas semanas antes do Brasil, então muito provavelmente isso deve acontecer nessa sequência. A variante Delta deve começar a dominar em outros locais do Brasil”, afirma. Segundo especialistas, há algumas suposições para a capital fluminense ter se transformado no epicentro da nova cepa e ter curvas diferente do restante do país. Um dos motivos é ser uma cidade turística, que recebe muitos estrangeiros, e a outra é o município fazer um amplo mapeamento genético, o que permite identificar melhor as cepas em transmissão.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga