Especialista alerta para cuidados com os olhos durante o verão

O verão chegou e com ele muitos cuidados, principalmente, com o Sol. Nessa época do ano, é muito comum o aumento em 20% dos problemas oculares. A Silvana e a filha, de apenas um ano e cinco meses, estão com conjuntivite, uma doença que causa coceira e vermelhidão nos olhos. “Costumo cuidar dos meus olhos, costumo usar óculos, costumo cuidar para não entrar na água com maquiagem, com nada que possa escorrer e prejudicar minha visão, os meus olhos. Eu estava na praia, porém estive exposta somente ao Sol e ao calor, não tive contato com água do mar ou de piscina. Não sei em que momento fiz a contração da doença.”

Praia e piscina são indispensáveis no calor. No entanto, a água salgada do mar e o cloro da piscina podem causar ressecamento dos olhos e inflamação. A dica é ter sempre em mãos, um colírio lubrificante, indicado por um especialista. O presidente do Conselho Brasileiro de Oftalmologia, José Beniz Neto, dá outras orientações sobre prevenção ocular. “Você não deve colocar protetor na pálpebra. Não que ele provoque alguma doença, mas ele vai cair no seu olho e aquele protetor não é próprio para estar no ambiente na superfície do olho, então ele também pode provocar irritações passageiras.”

A exposição aos raios ultravioleta podem ser fatais para os olhos e, ao longo prazo, pode causar doenças graves, como degeneração da retina, que leva a perda de visão e até câncer de pele na região das pálpebras. Em 27 de janeiro, haverá uma live para que a população se conscientize sobre os cuidados com os olhos. “Nós temos lives sobre problemas oculares em crianças, problemas de retina, glaucoma, catarata, tudo que envolve o olho, disse José Beniz Neto.

*Com informações da repórter Mônica Simões