Médico morre eletrocutado em ensaio de casamento um dia antes da cerimônia no Tocantins

Um médico de 32 anos identificado como Denis Ricardo Faria Gurgel morreu nesta quinta-feira, 29, na cidade de Cariri do Tocantins, no interior do Estado do norte brasileiro, após sofrer uma descarga elétrica enquanto participava de um ensaio fotográfico com a noiva um dia antes da festa de casamento do casal, marcada para esta sexta-feira, 30. De acordo com o Corpo de Bombeiros, um dos anzóis das varas de pescar que eles usavam no ensaio fotográfico ficou preso em um fio de eletricidade. Quando o médico foi retirar o objeto do local, ele colocou as mãos no fio, que tinha partes desencapadas, e foi eletrocutado. A vítima já estava morta quando o socorro chegou.

Denis Ricardo era servidor da Secretaria Municipal de Saúde de Gurupi e trabalhava no Centro de Triagem da Covid-19. Ele também atendia pacientes como médico plantonista na cidade de Lagoa da Confusão. “Prestativo e sempre educado, Denis era muito querido pelos colegas de profissão e também pelos pacientes. Sua morte prematura deixa todos consternados e de luto, por esta grande perda”, afirmou nota assinada pela prefeita e vice-prefeito de Gurupi. A cidade de Lagoa da Confusão lembrou que o médico foi vitimado um dia antes do próprio casamento e manifestou solidariedade a familiares e amigos.