Desenho de Michelangelo é leiloado por 23 milhões de Euros em Paris

Um desenho que representa o primeiro nu conhecido do pintor Michelangelo foi leiloado por R$ 120 milhões (€ 23 milhões) pela Casa Christie’s em Paris. A obra foi leiloada nesta quarta-feira, 18. A negociação estabeleceu um novo recorde para um desenho do artista, superando “The Risen Christ”, negociado em julho de 2000 por € 9,5 milhões. A obra vendida estava avaliada em 30 milhões de euros. À AFP, Hélène Rihal, diretora do departamento de desenhos antigos da Christie’s, deu detalhes sobre a negociação. “Há menos de dez desenhos de Michelangelo em mãos particulares”, explicou. A obra é datada do fim do século XV e, segundo a casa de leilões, “escapou durante muito tempo da atenção dos especialistas” e está em “bom estado de conservação”. O desenho foi posto à venda em 1907 em Paris, sob a classificação “Escola de Michelangelo” e só atribuído ao artista em 2019. Em setembro do mesmo ano, o desenho foi declarado “tesouro nacional” pelo patrimônio da França, o que proibiu sua saída do território francês e deu tempo para que o Estado e seus museus pudessem comprá-lo.

Como nenhuma oferta surgiu neste período, a obra foi exposta em Hong Kong e em Nova York antes de ser apresentado aos colecionadores. O esboço tem o tamanho aproximado de uma folha A4 e mostra o interesse do artista italiano em representar o corpo masculino. O especialista em mestres da Antiguidade da Christie’s, Stijn Alsteens, diz que a obra “é muito mais do que uma cópia”. “Michelangelo decidiu transformar a figura em algo que correspondesse mais à sua estética, tornando-a muito mais robusta e monumental, mantendo ao mesmo tempo a fragilidade da figura, que está exposta e trêmula”, continuou. Alsteens também afirmou que o artista pode ter feito o desenho aos 21 anos, no auge de sua carreira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui