Decis?o foi publicada nesta quarta-feira (04)

A União Norte do Paraná de Ensino (Unopar) terá de indenizar em R$ 6 mil reais uma estudante que não recebeu o diploma mesmo após ter cumprido todos os requisitos para a conclusão do curso. A decisão é da Comarca de São Sebastião e foi publicada nesta quarta-feira (04). 

A estudante cursou Serviço Social, e não poderia exercer sua atividade profissional sem um diploma de graduação na área. O juiz Thiago Augusto Lopes de Morais, responsável pelo caso, também determinou que o diploma seja entregue à estudante em 30 dias.

A aluna teria tentado entrar em contato diversas vezes com a instituição comunicando que ainda não havia recebido o documento, mas nunca conseguiu solucionar o problema. A Unopar nega qualquer ilicitude em suas ações.

“Na hipótese, a instituição educacional demandada deveria, no mínimo, ter informado à consumidora, de forma rápida, acerca das providências que estaria tomando em relação ao diploma requerido e o que poderia ter dado causa ao atraso na expedição do documento”, afirmou o juiz na decisão. Por ser uma decisão de primeira instância, o caso ainda cabe recurso.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *