A Justiça determinou a reintegração de posse da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), ocupada na tarde de teça-feira (3), por servidores públicosdurante protesto contra a Reforma da Previdência. O pedido foi realizado pelo presidente da Casa, o deputado estadual Ademar Traiano. Apesar da decisão, o presidente Hermes Leão, da APP-Sindicato, garantiu que os servidores não têm medo e vão manter a ocupação. 

“Estamos fazendo a resistência e mantendo a ocupação. Continuamos aqui e vamos fazer esta manifestação necessária. Não fomos ouvidos em nenhum momento. Só houve uma retaliação de uma Justiça que age rápido para se manter o poder de forma autoritária. Solicitamos que aconteça um dialogo decente com os servidores”, descreveu.

O sindicalista criticou a posição do governador Ratinho Jr de não cumprir uma promessa de campanha. “Ele prometeu que manteria um dialogo conosco e isso até agora não aconteceu”, afirmou Leão, confirmando ainda que os servidores não temem uma possível ação policial. “O medo já deixamos para trás há muito tempo, porque a nossa luta é muito justa. Sabemos que parte da sociedade não gosta, mas outra nos apoia e muito”, concluiu. (Com informações da Banda B)

LEIA TAMBÉM – Comissão Especial da PEC da Previdência aprova relatório com 35 emendas parlamentares

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Conteúdo direto para você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *