Márcio França decide não apoiar Boulos ou Covas em São Paulo

Terceiro colocado na corrida pela prefeitura de São Paulo no primeiro-turno, Márcio França se posicionou nesta sexta-feira, 20, dizendo que não irá apoiar nem Guilherme Boulos (PSOL) nem Bruno Covas (PSDB) no segundo turno. O anúncio foi feito através do perfil do candidato no Twitter. Na postagem, França disse reconhecer “méritos importantes” nos dois candidatos, mas também afirmou que os “mais de 728 mil cidadãos” que votaram em sua chapa “não se encontram nas propostas e nos perfis” de Boulos e Covas.  Segundo a assessoria de França, o posicionamento do candidato foi pessoal. A expectativa é de que o PSB tome sua decisão e se manifeste sobre um possível apoio nos próximos dias. Confira a postagem feita por França na rede social:

O PDT, que compôs a chapa de França no primeiro turno, já anunciou apoio à candidatura de Guilherme Boulos. Além do PDT, o PT, a Rede e o PCdoB anunciaram apoio à chapa de Boulos e Erundina. Do outro lado da disputa, Covas recebeu o apoio do Republicanos de Celso Russomanno, do PSL de Joice Hasselmann e do PSD de Andrea Matarazzo. Segundo pesquisa do Ibope divulgada no dia 18, Covas aparece com 58% dos votos válidos, contra 42% de Boulos.