Internações por Covid-19 sobem 18% na última semana em SP

O governo do Estado de São Paulo anunciou, nesta segunda-feira (16), que a última semana epidemiológica se manteve estável em relação à anterior quanto ao número de novos casos (3.664) e óbitos por Covid-19 (88), mas registrou uma alta de 18% nas internações — de 859 para 1.009. O secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn, pediu apoio da população para que o Plano São Paulo continue tendo sucesso. Ele ressaltou que essa alta das internações refletem o impacto do feriado e das festas registradas nas últimas semanas. “Um pequeno esboço do que virá se não tivermos responsabilidade”, classificou. Além disso, a próxima atualização do Plano São Paulo, prevista para hoje, vai acontecer apenas no dia 30 de novembro. A decisão pela alteração da data acontece, de acordo com o governador João Doria, por precaução. Nas últimas semanas, o sistema do Ministério da Saúde apresentou uma pane e isso afetou a normalização dos dados. “[A decisão] visa a transparência e a segurança da população para que haja melhor análise dos índices da saúde”, disse.

O Plano São Paulo usa indicadores relacionados à capacidade do sistema de saúde e à evolução da pandemia para classificar as áreas do Estado em um termômetro que vai do vermelho ao azul em cinco fases. Segundo a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, caso o Plano fosse atualizado hoje, 90% do Estado estaria na Fase 4 – Verde — uma antes da liberação total da população. Só ficariam fora as regiões de Araçatuba, Baixada Santista, Barretos, Registro e São José do Rio Preto.