Jason Momoa revela que família passou fome após ele atuar em ‘Game of Thrones’

Quem vê o ator Jason Momoa atualmente como um astro de Hollywood não imagina as dificuldades que ele já passou por não conseguir trabalho. Após fazer uma participação na primeira temporada da série “Game of Thrones”, em 2011, o artista passou anos lutando para pagar as contas. Na série de sucesso da HBO, ele deu vida a Khal Drogo, um comandante monossilábico que se envolvia com Daenerys Targaryen (Emilia Clarke), mas seu personagem acabou morrendo antes da produção se tornar um fenômeno mundial.

Jason Momoa contou que ele e a esposa, a atriz Lisa Bonet, enfrentaram um período difícil com os dois filhos, Nakoa-Wolf e Lola. “Estávamos morrendo de fome depois de ‘Game of Thrones’. Não conseguia trabalho. É muito desafiador quando você tem bebês e está completamente endividado”, declarou em entrevista ao Instyle. A situação da família começou a melhorar em 2016, quando o ator foi escalado para o elenco de “Liga da Justiça”. Dois anos depois, seu personagem, o Aquaman, ganhou um filme solo e foi então que o astro ganhou mais espaço na mídia e conquistou fãs com seu jeito simples e brincalhão.

Com a popularidade que o ator ganhou, novas oportunidades de trabalho surgiram e o astro já tem projetos até 2024. Ele está gravando a segunda temporada da série “See”, da Apple TV, e também está no elenco do filme de ficção científica “Dune”, que teve sua estreia adiada por conta da Covid-19 e só deve chegar aos cinemas no segundo semestre de 2021. Segundo o ator, o longa é uma produção relevante para o mundo atual. “Não é alien contra alienígena – é sobre conflitos entre tribos humanas”, declarou.