Adolescente de 17 anos é vítima de bala perdida no Rio de Janeiro

Mais um jovem foi vítima de bala perdida no Rio de Janeiro. No sábado, 07, a estudante Júlia Borges, de 17 anos, estava na varanda de um prédio residencial no bairro da Tijuca, zona norte do Rio, celebrando o aniversário de um primo quando foi atingida por uma bala perdida. Suspeitas que o tiro tenha partido de uma confronto entre policiais e traficantes que acontecida perto do local. Júlia foi levada para o Hospital Quinta D’Or onde permanece internada. A bala ficou alojada em músculo perto do pulmão e o estado de saúde, apesar do susto, é considerado estável.

Embora seja um bairro de classe média da capital fluminense, a Tijuca está cercada por favelas e comunidades que, em sua maioria, são dominadas por traficantes de drogas. Agora, a delegacia da região abriu um inquérito para apurar mais o caso. Ao todo, somente em 2020, são mais de 100 registros de balas perdidas na região metropolitana do Rio de Janeiro e mais de 20 casos envolvendo crianças e adolescentes entre as vítimas.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga