Ricardo Salles chama Rodrigo Maia de ‘Nhonho’ ao ser criticado nas redes sociais

Ricardo Salles está disparando codinomes e apelidos para seus desafetos nas últimas semanas. Depois de chamar o ministro-chefe da Secretaria de Governo do presidente, Luiz Eduardo Ramos, de ‘Maria Fofoca’, o ministro do Meio Ambiente chamou o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, de ‘Nhonho’, fazendo referência ao personagem da produção ‘Chaves‘. A provocação aconteceu nas redes sociais depois que Maia disse que “além de destruir o meio ambiente, Salles quer destruir o próprio governo”.

Salles figura uma briga política com o ministro Ramos. O desentendimento começou na última quinta-feira, dia 22 de outubro, após o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) anunciar que, por falta de recursos, toda a Brigada de Incêndio Florestal seria recolhida para as bases de origem a partir desta quinta. A ala militar, a qual Ramos faz parte, não viu com bons olhos a decisão. Apesar de ambos disserem que o assunto foi resolvido e pedirem desculpas, o clima no governo não é dos mais animadores.

Nesta quarta-feira, o O Tribunal Regional Federal da 1ª Região adiou para a próxima semana a análise do pedido de afastamento de Salles. A decisão deve acontecer no dia 3 de novembro, terça-feira. O pedido foi feito pelo Ministério Público Federal (MPF) em julho deste ano sob alegação que o ministro teria desestruturado as políticas ambientais e esvaziado a pasta. Ricardo Salles tem negado as acusações e se defende afirmando que o pedido é uma tentativa de interferência indevida em políticas públicas.