Decorações natalinas começam a aparecer em shoppings e centros comerciais de SP

O mês de dezembro se aproxima e a pequena Ana Beatriz, de 3 anos, foi logo passear no shopping com a mãe para ver as decorações de natal. “Eu acho uma graça. Eu gosto do papai Noel, vou pedir muitas coisas e mais presentes.” A partir desse final de semana, Ana e várias outras crianças vão poder admirar as decorações natalinas, que já começaram a aparecer nos shoppings e outros complexos de eventos. Com a pandemia, no entanto, a festa de natal a festa de natal terá que ser diferente, com atrações virtuais. Até o papai Noel terá que se readequar e só vai poder interagir com os pequenos virtualmente. O gerente de marketing do complexo de shoppings do Tatuapé, Danilo Centurelle, diz que as decorações natalinas devem ajudar a aumentar as vendas. “Sem dúvida, esse momento é conjunto. Mesmo com todas as dificuldades, no final de ano, com o movimento aumentando elas vem junto.”

O presidente da Alshop, Associação Brasileira de Lojistas de Shopping, Nabil Sahyoun, disse que as lojas de vestuário feminino devem ser as mais procuradas neste final de ano. “Nós estamos ai trabalhando sempre com o setor de vestuário feminino, 50% das lojas são de vestuário dentro de shoppings, supermercados, obviamente em função das festas de final de ano, calçados e acessórios, cosméticos. Esse vai ser um termômetro importante que vai acontecer no final do ano”, conta. Segundo um levantamento da Alshop, cerca de 32 mil funcionários vão ser contratados na capital e na região metropolitana de São Paulo por causa das festas de final de ano.

*Com informações do repórter Leonardo Martins