Crise no PSL rompe as barreiras do Congresso e chega à Justiça Eleitoral

[email protected]

Uma criança de quatro anos deverá receber R$ 20 mil por danos morais, por ter consumido um pacote do salgadinho Doritos, cuja embalagem havia um escorpião-amarelo venenoso. A mãe da criança entrou em uma ação contra a empresa Pepsico, empresa alimentícia fabricante do salgadinho. Segundo ela, a filha comeu um pacote de Doritos contaminado por um escorpião, e a presença do animal só foi notada depois que a menina já havia ingerido quase todo o conteúdo da embalagem. Além disso, a criança sofreu lesão nos dentes, com quadro de dor aguda.

A 1ª Vara Cível de São João del-Rei condenou a empresa ao pagamento de R$ 30 mil por danos morais. No entanto, a Pepsico recorreu, alegando que as autoras não apresentaram provas de que o produto foi ingerido, de que estava contaminado e do dano sofrido pela menor. A história contada no e-mail enviado não condiz com a descrita nos autos, acrescentou.

O relator, desembargador Newton Teixeira Carvalho, entendeu que o ocorrido é passível de indenização moral, pois o produto foi capaz de gerar danos à saúde da consumidora, uma criança de apenas quatro anos, com estruturas físicas e psiquiátricas em formação.

Desse modo, o artigo 186 do Código Civil dispõe: “Aquele que, por ação ou omissão voluntária, negligência, ou imprudência, violar direito, e causar dano a outrem, ainda que exclusivamente moral, comete ato ilícito”.

Os outros integrantes da câmara concordaram com o relator, mas divergiram no que diz respeito ao valor da indenização, julgando que deveria ser reduzido. Ficou vencido o desembargador Newton Teixeira Carvalho, que havia considerado adequado o valor fixado em primeira instância. A decisão é da 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, que reformou parcialmente a sentença da Comarca de São João del-Rei.

Por meio de nota, a Pepsico informa que “recorrerá da decisão, uma vez que não há comprovação sobre nenhum tipo de contaminação ocorrida no processo produtivo, que segue os mais rigorosos padrões de qualidade”.

O Mais Minas (www.maisminas.org) é um veículo de comunicação digital criado em 2016 que reúne hard news e artigos sobre política, economia, cidadania, cultura, loterias e demais temas. É um portal de notícias com ênfase em Minas Gerais, mas que também aborda assuntos de interesse nacional e internacional.  É um jornal com layout moderno e que trabalha junto com as novas tendências tecnológicas do mercado de mídias digitais.

Possui uma política de livre distribuição de conteúdo – sem nenhum tipo de cobrança – e um modelo de negócio ancorado na monetização via espaço publicitário, mídia programática e publieditoriais.

O trabalho realizado durante os últimos dois anos consolidou a posição do site Mais Minas como um dos melhores portais de conteúdo e entre os mais acessados em Minas Gerais, chegando a agosto de 2018 em uma marca de 10 milhões de visualizações mensais, segundo dados do Google Analytics.

Nossa missão é expor desde questões locais de uma certa comunidade até grandes discussões nacionais, sempre assegurado no caminho da democracia e da mídia independente.

Bem-vindo, faça o login na sua conta.

Recupere sua senha.

Uma senha será enviada a você por e-mail.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui